Como escolher uma pós-graduação em 6 perguntas

5 min August 19, 2021
Educação

Ainda não decidiu qual pós-graduação fazer? Não se preocupe: isso não é o fim do mundo, e existem muitos no mesmo dilema que você. É extremamente comum ficar na dúvida e levar um tempo para decidir em que área profissional se especializar. Afinal, é uma decisão que vai influenciar sua vida inteira.

Para te ajudar nessa escolha, elencamos seis perguntas essenciais que você deve se fazer antes de definir qual a pós-graduação ideal para o seu momento acadêmico e profissional. Dá uma olhada aqui embaixo! 🙂

1 – Ela é compatível com suas habilidades e/ou gostos pessoais?

Antes de decidir em que deseja se especializar, é preciso avaliar todas as suas escolhas anteriores, seja de graduação ou ocupações. Ter afinidade ou empatia em alguma área, ou mesmo habilidades adquiridas no meio acadêmico ou em experiências profissionais, são alguns dos pontos a serem observados para definir qual atividade você quer exercer após sua pós-graduação.

Por outro lado, não ter habilidades técnicas relacionadas a alguma área de pós-graduação não necessariamente a elimina dentre suas opções. Certas vezes, uma especialização faz sentido na sua vida profissional ao funcionar como um meio de mudar de carreira. Em outros casos, pode até mesmo ser feita por hobbie e gosto pessoal – mas é importante ter isso em mente, para não deixar crescer as expectativas profissionais em uma área completamente nova e onde nunca atuou.

2 – Qual objetivo você quer atingir com a pós-graduação?

O que você deseja conquistar com sua pós-graduação? Uma promoção ou cargos elevados e com mais demandas técnicas? Mudar de carreira? Se adaptar a uma nova área onde está atuando? Ou somente aprender por aprender – o que também é totalmente válido?

Uma pós-graduação deve ser feita com objetivos claros. Ter em mente o que você deseja com sua especialização é, assim, essencial para sua escolha, pois te ajudará a medir os prós e os contras de cada curso, de acordo com o seu objetivo.

3 – Ela faz sentido no momento da sua carreira?

A questão do timing certo para começar uma pós-graduação é uma das mais difíceis de se responder, especialmente porque a resposta difere para cada perfil de pessoa. Um estudante recém-graduado com plena certeza de onde quer atuar, não verá problemas em ingressar numa especialização logo após sua formação superior, por exemplo.

Em muitos outros casos, porém, os “novatos” no mercado de trabalho preferem encarar algumas experiências profissionais para entender com qual área se identifica ou tem mais habilidades.

Também deve-se analisar o momento de sua carreira: a pós-graduação irá agregar algo para a sua ocupação atual? Possibilitará aumentos salariais, promoções ou mesmo concorrer em processos seletivos para vagas de maior responsabilidade? São todas questões que devem ser pesadas para decidir quando dar início à sua especialização.

4 – Conta com boas oportunidades ou potencial de crescimento no mercado?

Se o objetivo é alavancar sua carreira profissional, seja via promoções ou novas colocações, é necessário avaliar o cenário da área de atuação da especialização. Ele apresenta boa oferta de oportunidades no mercado? Enfrenta muita concorrência? Conta com boas remunerações?

Entender qual futuro profissional te espera após a pós-graduação é necessário para evitar frustrações e garantir que sua escolha de curso tem potencial para de fato te levar aos objetivos desejados.

5 – Qual é o programa de pós-graduação ideal para seus objetivos?

Nesta pergunta, dois programas de pós-graduação devem ser considerados: o Stricto Sensu  e o Lato Sensu. No caso de estudantes e profissionais em busca de uma carreira de pesquisa acadêmica, sem dúvida o Stricto Sensu, que inclui mestrado e doutorado, é a melhor escolha.

Por outro lado, se o objetivo é crescer no mercado de trabalho, em alguma área de atuação profissional prática, as especializações Lato Sensu são as opções com maior potencial de alavancar carreiras. Elas preparam o profissional para assumir novas funções no mercado e alçar cargos mais elevados, que oferecem melhor remuneração financeira.

6 – Como a pós-graduação 100% digital pode contribuir com sua vida e rotina?

O ensino on-line propõe um curso onde os conteúdos técnicos e teóricos são transmitidos em uma plataforma virtual, que respeita o ritmo de aprendizagem do aluno e adota a flexibilização de tempo e espaço, essencial para aqueles que trabalham e estudam.

Os encontros on-line com o mentor e outros alunos, por sua vez, funcionam como um local de debates e aprofundamento dos conhecimentos adquiridos nos estudos individuais, e ainda ajudam a desenvolver as soft skills ou competências emocionais – qualidades como comunicação clara e efetiva em grupo, conciliação de ideias, características de liderança e raciocínio lógico, entre outras.

Blog da Pós-Graduação